Página inicial | Notícias gerais | Saúde | Municipio de Jequitinhonha, Inaugura Centro Hiperdia

Municipio de Jequitinhonha, Inaugura Centro Hiperdia

Tamanho da fonte: Aumentar Texto Diminuir Texto
Diário do Jequi Centro Hiperdia na cidade de Jequitinhonha

Prefeito Roberto Botelho, garantiu trabalhar para que esse seja o melhor centro de Hiperdia de MG

JEQUITINHONHA (04/05/10) - O secretário-adjunto da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), Wagner Eduardo Ferreira, esteve nesta terça-feira (4), na cidade de Jequitinhonha, para inaugurar o 5° Centro Hiperdia do Estado, que irá funcionar de forma integrada ao Centro Viva Vida. O Governo de Minas investiu R$ 2,5 milhões para construir o prédio, que possui 2.550 metros quadrados, outros R$ 343 mil foram destinados para a compra de equipamentos.

Aproximadamente 7.600 hipertensos de alto e muito alto risco cardiovascular e 1.800 diabéticos insulinodependentes das microrregiões de Almenara e Pedra Azul, no Vale do Jequitinhonha, serão diretamente beneficiados com o Centro Hiperdia, que irá oferecer, anualmente, 4.320 consultas de cardiologia, 2.880 consultas de endocrinologia e oftalmologia e cerca de 410 testes ergométricos, holter (dispositivo portátil que monitora continuamente a atividade elétrica cardíaca de pacientes) e Mapa (aparelho que monitora a pressão arterial).

O secretário-adjunto enfatizou que o Governo de Minas tem feito a diferença ao investir nas regiões em que a população mais precisa. “Queremos um Vale do Jequitinhonha cada vez mais perene, soberano para que consiga atender a demanda da população na sua própria região. E o Governo de Minas tem colaborado muito com esse processo, ao diminuir as desigualdades existentes entre as regiões e possibilitado que mais pessoas tenham acesso à saúde em termos de tecnologia, com exames mais apurados”, disse.

centro_hiperdia_3_165961867.jpgO prefeito de Jequitinhonha, Roberto Botelho, acredita que nos últimos cinco anos as regiões do Vale do Jequitinhonha, do Norte de Minas e do Vale do Mucuri tem melhorado, significativamente, os serviços oferecidos à população. “Celebramos hoje um momento importante que marca uma luta para podermos implantar o Hiperdia na nossa região. Iremos trabalhar para que esse Centro seja um dos melhores do Estado de Minas Gerais, que seja grandioso, bem montado e com profissionais altamente qualificados”, frisou.

O diretor da Gerência Regional de Saúde de Pedra Azul, Gregory Fortunato, salientou que todo esse investimento do Governo de Minas na região possibilita ao Vale do Jequitinhonha oferecer serviços de qualidade à população, valorizando, principalmente, aqueles usuários que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS). “Estamos fortalecendo cada vez mais a nossa Rede de Atenção à Saúde, que conta com uma atenção primária cada vez mais sólida, com alta cobertura de PSF. O Hiperdia, já irá entrar em funcionamento e possibilitará uma melhora no fluxo de atendimento prestado aos pacientes diabéticos e hipertensos. Em janeiro inauguramos o Viva Vida, que está cuidando das nossas gestantes de alto risco, reduzindo a mortalidade materna e infantil. E por fim, em breve, iremos inaugurar o Samu Regional, que terá um papel de extrema importância no fortalecimento da atenção terciária no Vale do Jequitinhonha”, ressaltou. 

Já o coordenador do Centro Viva Vida e Hiperdia de Jequitinhonha, Valdeir Cordeiro de Oliveira, destacou a variedade de serviços do Centro Hiperdia e elogiou a política do Governo de Minas de beneficiar a população do Vale do Jequitinhonha. “O Centro Hiperdia veio prestar um serviço de qualidade aos portadores de hipertensão e diabetes. Por isso, iremos oferecer um atendimento gerenciado, de forma intersetorial, que irá envolver serviços de oftalmologia, psicologia e nutrição. O governo está sensível às questões locais, por isso, têm buscado aprimorar e qualificar as formas de financiamento, de forma diferenciada, devido ao alto custo da mão de obra na região”, concluiu. 

Melhora na qualidade de vida

A partir de agora Clemente Sousa Santos, de 68 anos, que tem problemas de diabetes, será atendido no Centro Hiperdia de Jequitinhonha. Por isso, ele visitou hoje a unidade para conhecer as instalações físicas do prédio e se disse surpreendido com a quantidade de serviços que serão oferecidos. “Como vou ser atendido aqui, queria conhecer a unidade e acho que vou ter um atendimento melhor do que tinha antes, porque a estrutura aqui é muito boa”, avaliou.

Já a dona de casa, Gisele Rodrigues dos Santos, que está grávida há 33 semanas, ressaltou que o fato da unidade ter uma série de profissionais especializados em um mesmo local, irá ajuda-la a se sentir mais segura nesse período final da gestação. “Eu já utilizo os serviços do Viva Vida, que me acompanha durante a minha gravidez, que é de risco. Agora, com o Hiperdia, irei utilizar o ecocardiograma e mesmo depois da gravidez, vou continuar visitando o Hiperdia para ser acompanhada pela cardiologista. 

Visita ao hospital

Após a inauguração do Centro Hiperdia, o secretário-adjunto Wagner Eduardo Ferreira fez uma visita ao hospital São Miguel, que atende aos usuários do SUS. O hospital, que conta com 81 leitos ativos, realiza por ano 1.920 internações e oferece as seguintes especialidades: anestesista, cirurgião geral, clínica médica, pediatria, ginecologia, obstetrícia, urologia e ortopedia.

A Secretaria de Estado de Saúde já investiu no hospital R$ 428.879,50, para a aquisição de equipamentos médico-hospitalares, aparelhos de raios-X e custeio e mais R$ 94 mil mensais para atender a demanda de internações e pronto socorro. 

centro_hiperdia2_479944345.jpgCentro Hiperdia 

O Hiperdia tem como objetivo ampliar a longevidade da população do Estado de Minas Gerais por meio de intervenções capazes de diminuir a morbimortalidade por doenças cardiovasculares e diabetes. Segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde, há uma estimativa de que em Minas Gerais 672.433 pessoas sejam hipertensas de alto e muito alto risco e 161.384 pessoas sejam diabéticos insulinodependentes.

Os Centros Hiperdia têm como objetivo prestar assistência multi e interdisciplinar aos pacientes que se enquadram nos critérios de encaminhamento na atenção primária. A equipe mínima de profissionais é composta por cardiologistas, endocrinologistas, clínicos, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos e assistentes sociais.

Atualmente, já estão em funcionamento em Minas Gerais cinco Centros Hiperdia, sendo dois na região Norte (Janaúba e Brasília de Minas), um na Central (Itabirito) um no Centro-Oeste (Santo Antônio do Monte) e o mais recente no Vale do Jequitinhonha (Jequitinhonha). A previsão é que em 2010 sejam inauguradas mais cinco Centros Hiperdia: um no Alto Paranaíba (Patrocínio), um na Central (Itabira), um na Região Metropolitana de Belo Horizonte (Santa Luzia) e dois na Zona da Mata (Viçosa e Juiz de Fora).
Add para: Add to your del.icio.us del.icio.us | Digg this story Digg

Comentários (0 postado):

Postar comentário comment

Avaliar matéria
0
  • email Enviar a um amigo
  • print Para imprimir
  • Plain text Texto simples
Notícias
Ler Notícia

ALMG promoverá audiências públicas no Jequitinhonha.

Projeto Assine+Saúde visitará Almenara, Itamarandiba e Diamantina.
Ler Notícia

Saúde define Rede de Resposta Hospitalar no Vale do Jequi

“A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) definiu os nomes dos 23 hospitais que farão parte da Rede
Ler Notícia

Governo investe 300 milhões em saneamento básico nos Vales.

Teófilo Otoni, Itamarandiba e diferentes municípios do Jequitinhonha-Mucuri são contemplados
Ler Notícia

Itaobim participa do projeto “Veredas da Saúde”

O projeto, mobiliza especialistas que viajam pelos municípios para prestar atendimento
Ler Notícia

GRS Pedra Azul realiza oficina sobre medicamento estratégico

O evento reuniu farmacêuticos e enfermeiros de 20 municípios da região.
Ler Notícia

GRS Pedra Azul imuniza 85 mil pessoas na campanha

25 municípios da região nordeste de Minas fazem parte da Gerência Regional de Saúde de Pedra Azul
Ler Notícia

Cinco bilhões para PAC do Saneamento

As inscrições vão do dia 15 de junho ao dia 15 de julho, para municípios com até 50 mil habitantes
Ler Notícia

Projeto desenvolvido por voluntários assiste o Sacode

A iniciativa partiu de voluntários do curso de enfermagem e profissionais de saúde.
Ler Notícia

Ministério da Saúde regulamenta Cartão Nacional de Saúde

Sistema será composto pelo Cartão Nacional de Saúde, Cadastro Nacional de Usuários do SUS
Ler Notícia

PEDRA AZUL. CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A INFLUENZA

GRS PEDRA AZUL MOBILIZA POPULAÇÃO NA CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A INFLUENZA
Ler Notícia

Almenara: IMA promove educação em escolas rurais

Educação sanitária faz parte da grade curricular das escolas de Almenara
Ler Notícia

ESTAÇÃO SAÚDE – CARNAVAL SEM AIDS/DST

O SESC MG -LACES Almenara, desenvolve ações educativas para população.
Ler Notícia

Santo Antônio do Jacinto reforça a guerra contra dengue

  Com o objetivo de mobilizar os alunos das escolas públicas e a comunidade para o combate e os cuidados em relação à dengue, a
Ler Notícia

Comitê de Almenara ajuda a salvar vidas

Intervenção do comitê salva vida de uma gestante e de uma criança
Ler Notícia

Divisópolis- MG: Alunos na guerra contra dengue

Escolas de Divisópolis recrutam alunos na guerra contra a dengue
Ler Notícia

Almenara fortalece guerra contra a dengue

Secretaria Municipal de Saude de Almenara e Polícia Militar realizam campanha de combate a dengue
Ler Notícia

Expedição leva educação e cidadania ao Vale do Jequitinhonha

De 12 a 23 de fevereiro, nas cidades de Chapada do Norte, Turmalina, Couto de Magalhães e Serro
Ler Notícia

Romércio Gobira é reeleito presidente do COSEMS de Pedra Azu

A eleição aconteceu na sede da Secretaria Municipal de Saúde de Almenara
Ler Notícia

Vale do Jequitinhonha combate a dengue

Ações de municípios da região são exemplares na luta contra a doença
Ler Notícia

ALFA realiza projeto com a UFMG em Jequitinhonha

Universitários da Faculdade ALFA de Almenara realiza projeto de Saúde no Distrito de São Pedro