Página inicial | Notícias gerais | Economia | Mata Atlântica pede socorro no Vale do Jequitinhonha

Mata Atlântica pede socorro no Vale do Jequitinhonha

Tamanho da fonte: Aumentar Texto Diminuir Texto
Diário do Jequi Pesquisa, realizada entre 2008 e 2010

Ponto dos Volantes e Jequitinhonha perderam 3.255 e 1.944 hectares de cobertura

O Vale do Jequitinhonha e norte de minas levarão o estado a lidera o desmatamento da Mata Atlântica por municípios no periodo de 2008 a 2010. As cidades de Ponto dos Volantes e Jequitinhonha, ambos no Vale do Jequitinhonha, perderam 3.255 e 1.944 hectares de cobertura, respectivamente. Águas Vermelhas, no Norte de Minas, perdeu 783 hectares. Em seguida, o município de Pedra Azul, também no Vale do Jequitinhonha, desmatou 409 hectares, e São João do Paraíso, no Norte de Minas, 342 hectares.

Minas gerais entre os anos de 2008 e 2010, desmatou 12.524 hectares de Mata Atlântica, o equivalente a cerca de 12.500 campos de futebol. Assim, encabeça pelo segundo ano consecutivo a lista de estados brasileiros que mais contribuíram para a devastação desse bioma, bem à frente de Paraná (2.699 hectares) e Santa Catarina (2.149 hectares), conforme o "Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica", divulgado ontem pela Fundação SOS Mata Atlântica e pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Segundo o estudo, a taxa de desmatamento aumentou cerca de 15% em relação à ultima pesquisa, realizada entre 2005 e 2008. Naquele período, o Estado perdeu 10.909 hectares de área de mata.

Em Ponto dos Volantes, o Secretário de Agricultura do município, Gilson Sucupira, aponta que a devastação em alta é devido à demanda pelo plantio de eucalipto na região, nos últimos dois anos.

Ele acredita que a área de Mata Atlântica tem sido mantida dentro dos 20% de reserva obrigatórios em lei. Mas admite não saber como se dá a fiscalização pelos órgãos estaduais e federais.

A superintendente da Associação Mineira de Defesa do Ambiente (Amda), Maria Dalce Ricas, alega que ainda há autorizações para o desmatamento no bioma, mas que também há muitos cortes clandestinos. "O Estado não está conseguindo fiscalizar.

Minas é muito grande e essa fiscalização depende de decisões políticas", diz, se referindo a um maior aporte de recursos para a contratação de pessoal, entre outras ações. "Temos visto representantes de muitas empresas ricas vindo pra cá para comprar terra. Há poucos dias, ficamos sabendo de uma pessoa que queria comprar uma fazenda de 5 mil hectares. Menos que isso, ele não aceitava. E é tudo para o plantio de eucalipto", conta Sucupira.

A região, segundo ele, é boa para o plantio de eucalipto, mas afirma que a maior parte é plantada em áreas de Cerrado, "que antes não tinham muito valor comercial". Ele acredita que o destino do cultivo seja para a produção de celulose. "Essas pessoas chegam, compram a terra e já têm a autorização para desmatar. Diante disso, não temos muito o que fazer", alega.

As justificativas do secretário coincidem com as razões enumeradas pela coordenadora do Atlas, Márcia Hirota, para o desmatamento em Minas: expansão de fronteiras agrícolas, atividades agropecuárias e produção de carvão vegetal.

Ainda de acordo com o levantamento, Minas Gerais possuía, originalmente, 46% do seu território (ou 27.235.854 hectares) cobertos pela Mata Atlântica. Agora restam apenas 9,64%, ou 2.624.626 hectares. Apesar do desmatamento, é o estado brasileiro com o maior remanescente. São Paulo, com 2.304.854 hectares, é o segundo com maior cobertura do bioma.

O Governo de Minas reconhece os números absolutos apresentados pelo Atlas, mas alega que a taxa de desmatamento vem caindo. No período de 1995 a 2000, o Estado havia perdido 121.061 hectares, segundo o Governo.

Os dados governamentais apontam ainda que o número de municípios que desmataram a Mata Atlântica entre 2005 e 2008 era 405, e caiu para 159 neste último levantamento. O Governo informa que endureceu a legislação sobre o desmatamento e que tem investido em recuperação de áreas degradadas.

Com informações do Portal: Conexao Noticias

Add para: Add to your del.icio.us del.icio.us | Digg this story Digg

Comentários (0 postado):

Postar comentário comment

Avaliar matéria
0
  • email Enviar a um amigo
  • print Para imprimir
  • Plain text Texto simples
Notícias
Ler Notícia

Governo de Minas libera recursos para municípios do Vale.

Itamarandiba, Araçuaí, Serro e Leme do Prado são contemplados.
Ler Notícia

Almenara: Minerador solicita curso Técnico em Mineração

Confira a carta enviada pelo minerador Jairo Guimarães ao Dep Federal Leonardo Monteiro PT -MG
Ler Notícia

Capacitação Programa Leite Fome Zero

Um Leite Pela Vida tem uma previsão de distribuição, diária, de 151,5 mil litros, em 193 municipio
Ler Notícia

Araçuaienses buscam oportunidades finaceiras em Tramandaí-RS

Dificuldade para conseguir emprego, vontade de ficar na praia ou desejo de ser o próprio patrão.
Ler Notícia

SEBRAE/MG e EMATER/MG investem no Vale do Jequitinhonha

Seminário de Florestas Plantadas repassa informações sobre investimentos em silvicultura
Ler Notícia

Pavimentação da Estrada Real entre Serro e Diamantina

Redução dos impactos ambientais é destaque na obra
Ler Notícia

Salário e Alimentação

Trabalhador gasta em media 48% do salário com alimentação, revela pesquisa de blog
Ler Notícia

PUC Minas capacita gestores em Habitação Social

76 municípios do Jequitinhonha e Mucuri serão contemplados
Ler Notícia

Produtor rural poderá deixar de recolher o Funrural.

Por meio de ação judicial, o produtor rural pode pedir devolução do dinheiro dos últimos cinco anos.
Ler Notícia

Araçuaí: Projeto de piscicultura do Calhauzinho é abandonado

O projeto que era uma promessa de geração de emprego e renda para o homem do campo está paralisado.
Ler Notícia

Sul América Metais pretende implantar mineroduto

Anastasia assina protocolo de intenções com Votorantim e Marluvas para investimento no Norte MG
Ler Notícia

Bandeira. Projeto Farinha do Jequitinhonha completa um ano

O Projeto está implantado nos municípios de Jordânia, Bandeira, Jacinto e Almenara
Ler Notícia

Projeto Da Gema reafirma o sucesso em Coronel Murta

Itaporarte priorizou feldspato para agregar valor e qualificar jovens
Ler Notícia

Aprenda pintura em tecido no CVT de Pedra Azul

Rede de Formação Profissional Orientada pelo Mercado, projeto do Governo de Minas
Ler Notícia

Caravana do BDMG chega ao Jequitinhonha

O objetivo é levar crédito às regiões de baixo dinamismo econômico do Estado
Ler Notícia

Mata Atlântica pede socorro no Vale do Jequitinhonha

Ponto dos Volantes e Jequitinhonha perderam 3.255 e 1.944 hectares de cobertura
Ler Notícia

Itamarandiba. Frutivale II começa a ser implantada.

Objetivo do projeto é resolver o problema da comercialização de polpas no Vale do Jequitinhonha
Ler Notícia

Governo de Minas incentiva a produção de leite no Estado

O Minas Leite dá assistência a 400 fazendas no Estado, deve alcançar 500 propriedades neste ano e do
Ler Notícia

Governo de Minas certifica café do Vale do Jequitinhonha

Atualmente, o número de propriedades produtoras de café com certificado, em Minas, totaliza 1.024
Ler Notícia

Qual é a melhor opção, Ferrovia ou Mineroduto

Prefeitos mineiros abrem guerra contra mineroduto